Meu Malvado Favorito 2 é um filme de animação que conquistou muitos fãs desde o seu lançamento em 2013. Além da história dos adoráveis minions e do vilão Gru, a personagem Agnes se destaca com sua doçura e inocência.

Agnes é a caçula das três irmãs adotivas de Gru, e sempre demonstra interesse pela poesia. Em um dos momentos mais memoráveis do filme, ela recita um poema em uma apresentação na escola. Sua atuação encanta a todos e emociona especialmente a sua irmã mais velha, Margo, que sempre demonstra certa impaciência com a companhia das irmãs menores.

A poesia também aparece em outros momentos do filme, como nas falas do personagem Dr. Nefario, que cita Shakespeare e outros célebres escritores. Essa presença da literatura em uma animação infantil é uma maneira de estimular o aprendizado e a apreciação da arte desde cedo.

Além disso, a personagem Agnes representa a pureza e a sensibilidade infantis. Suas falas inocentes e seus gestos carinhosos são um contraponto à violência e à ambição dos vilões da história. Sua admiração pela poesia mostra a importância de nutrir os sentimentos e emoções, além de incentivar a criatividade e a imaginação das crianças.

Outro fator interessante sobre a personagem Agnes é a identificação que ela causa no público adulto. Quem nunca se emocionou com uma poesia recitada pela sua filha, sobrinha ou irmã mais nova? O filme Meu Malvado Favorito 2 valoriza a essência infantil e resgata a inocência e a beleza dos momentos mais simples.

Em suma, a presença da personagem Agnes e da poesia em Meu Malvado Favorito 2 é um exemplo de como a literatura pode contribuir para o enriquecimento das narrativas. Seja em animações ou em outras produções para o público infantil, estimular o contato com a arte e a cultura é fundamental para o desenvolvimento emocional e intelectual das crianças.

A mensagem do filme é clara: mesmo em um mundo marcado pela maldade e pela ganância, ainda é possível encontrar beleza e sentido nas pequenas coisas e nas relações mais simples. Agnes, com sua inocência e poesia, nos ensina a apreciar a vida de forma mais profunda e afetuosa.